Por que gases podem ser confundidos com infarto? De acordo com o gastroenterologista Eduardo Antônio, da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), quando o corpo está com excesso de gases, o abdome fica inchado por conta das bolhas de ar no local e, conforme essas bolhas se movimentam, podem causar a compressão de alguns órgãos, provocando dor que é refletida na região do peitoO que são os gases? Os gases são formados por meio da fermentação feita pelas bactérias do intestino de alimentos que contenham carboidratos e glicoproteínas (proteínas que têm ligação com o carboidrato), por exemplo, o feijão, gerando grande produção de metano. Já a fermentação de alimentos gordurosos, ricos em carboidratos e proteínas, libera uma maior quantidade de gás carbônico, segundo o médicoQual a diferença entre o gás do arroto e do pum? O gastroenterologista afirma que, geralmente, o gás do arroto vem pela alta ingestão de ar junto à alimentação e por maus hábitos, como comer rápido, conversar enquanto se alimenta e ingerir bebidas com gases. De acordo com o médico, os gases do arroto também podem ser ocasionados pelo estresse. Já os gases intestinais têm vários motivos, como a alta produção de ar por bactérias intestinais, intolerâncias alimentares e intestino presoQuais alimentos podem causar gases? O médico afirma que alimentos como o feijão e alguns vegetais, como lentilha, repolho, brócolis e batata contêm carboidratos não digeríveis, sendo fermentados por bactérias do intestino grosso e
podem produzir gases em maior quantidade. Alimentos derivados de leite também podem causar mais gases por conta de deficiência da enzima que ajuda a digerir o açúcar do leite. Assim, essa deficiência faz com que o leite e derivados não consigam ser digeridos, acumulando gasesPor que algumas pessoas têm mais gases que outras? De acordo com o especialista, a produção de gases pode variar entre as pessoas e de acordo com sua alimentação e hábitos. Se a pessoa tiver uma alimentação balanceada e bons hábitos, consequentemente, ela terá menos gasesÉ possível prevenir os gases? O médico afirma que exercícios regulares ajudam a melhorar a função intestinal e, a redução de alimentos gordurosos, carnes fritas, molhos e massas em excesso são meios eficazes para prevenir os gasesGases podem interferir no peso? Não. O médico explica que, embora haja a sensação de estufamento, devido à distensão dos músculos do abdome, o peso não é alterado pelos gasesPor que alguns gases têm cheiro mais forte? Segundo o  gastroenterologista, o odor dos gases está relacionado aos alimentos ingeridos e se eles contêm enxofre. O médico afirma que os principais gases do pum são o nitrogênio, oxigênio, dióxido de carbono, hidrogênio e metanoPor que os gases causam dor? O especialista explica que a dor ocasionada pelos gases vêm do acúmulo das bolhas de ar na região abdominal e pela sua movimentação no local, que também provoca a sensação de inchaçoOs gases têm alguma função na saúde? Basicamente, não. O médico explica que a única função que os gases apresentam para a saúde é a eliminação do produto obtido na fermentação dos alimentos em todo o processo digestórioChás ajudam a reduzir e eliminar os gases? Não. De acordo com o especialista, não há conhecimento de que os chás ajudem a reduzir o problema. Antônio afirma que, para eliminá-los, é importante identificar o alimento causador para evitar sua formação. O médico também explica que medicamentos que contenham a enzima alfa-galactosidase, que ajuda na digestão dos carboidratos não digeríveis, evitam o surgimento dos gases*Estagiária do R7 sob supervisão de Deborah Giannini

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001