Mulheres surdas conversam por meio da Libras, língua brasileira de sinais
FENEIS

A Libras, língua brasileira de sinais, é o meio de comunicação utilizado por pessoas com deficiência auditiva ou com deficiência da fala. É considerada uma língua própria, tendo a língua portuguesa escrita como segundo idioma de quem a estuda. 

A Libras consiste em uma linguagem baseada em sinais feitos com as mãos, que representam palavras. A expressão facial faz parte desta língua, contextualizando a frase em uma afirmação, interrogação, negação ou exclamação.

Leia também: Inclusão no ensino superior ainda é desafio no Brasil

Segundo Neivaldo Zovico, diretor da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), a língua de sinais foi criada a partir de gestos na Grécia Antiga. Chegou ao Brasil quando Dom Pedro 2º convidou o conde francês E. Huet, que foi o criador das primeiras instituições brasileiras de alfabetização de surdos, como o Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), que completa 131 anos nesta quarta-feira (26), Dia Mundial do Surdo. Huet era surdo e foi o responsável por adaptar a língua de sinais francesa aos brasileiros, tornando a Libras parecida com a língua de sinais francesa.

Embora praticada desde o século 19 no Brasil, a Libras foi reconhecida oficialmente como língua de sinais brasileira em 2002.

O site da Escola Virtual do Governo (EVG) oferece o curso online de introdução à libras. O curso tem carga horária de 60 horas, e oferece aprendizado do alfabeto, profissões, animais, expressões e família.

Veja também: Professor surdo dos dois ouvidos desafia sua condição para ensinar passos de dança

A USP também oferece curso gratuito de libras, com 10 aulas teóricas em vídeo, e 10 aulas práticas, mas não emite certificado. O curso oferece introdução à língua, atividades interativas e provas finais de ambas as etapas.

O Ines, no Rio de Janeiro, oferece curso de libras gratuito a cada semestre, com cinco módulos de educação em libras, de acordo com o nível de familiaridade com a língua de sinais. As incrições devem ser realizadas pela internet, e o candidato deve ter no mínimo 14 anos. O preenchimento das vagas disponíveis é realizado por meio de sorteio eletrônico. O Ines está localizado na Rua das Laranjeiras, 232, no Bairro das Laranjeiras, no Rio de Janeiro (RJ).

Leia também: Família de venezuelanos surdos reconstrói a vida vendendo arepas na zona norte do Rio

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) oferece curso gratuito de libras para pais de alunos surdos que realizam o cursoa. Os sites do Instituto Federal de cada estado também oferecem cursos de libras online, e as inscrições variam a cada semestre. 

O site do Ministério da Educação (MEC) também oferece curso de libras online e as inscrições variam por semestre.

Os Centros de Apoio ao Surdo (CAS), ligados ao MEC, oferecem curso de libras gratuito presencial, com mudança de nível a cada semestre. A matrícula deve ser feita presencialmente.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Deborah Giannini

Conheça aplicativos que facilitam a rotina de pessoas com deficiência:

 

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001