<img src=’https://img.r7.com/images/dengue-vacina-sus-imunizante-criancas-27012024114650748′ /><br />

Brasil teve mais de 710 mil mortes por Covid-19
José Cruz/Agência Brasil/Arquivo

Da população apta a tomar a vacina contra a Covid-19 no Brasil, 32,3 milhões de pessoas não completaram o esquema primário de imunização, composto por duas doses. Isso equivale a 16,06% do público-alvo, considerando que os imunizantes foram aprovados para qualquer pessoa acima de 6 meses de idade. O Brasil teve quase 710 mil mortes causadas pela doença e mais de 38 milhões de casos confirmados.

Veja também

Saúde
Empresa que produz vacina contra dengue vai priorizar fornecimento ao Ministério da Saúde 

Brasília
Grupo de trabalho tentará diminuir preço de passagens aéreas, anuncia ministro de Minas e Energia

Quarta Instância
Lira pede para STF adiar julgamento sobre critérios de distribuição das sobras eleitorais

Roraima é o estado que menos completou o esquema vacinal, com 41,49% da população sem ter tomado duas doses, segundo dados do Ministério da Saúde atualizados até essa segunda-feira (5). Na sequência estão o Maranhão (34,15%) e o Pará (31,9%).

Em números absolutos, São Paulo é o estado com menos imunizados, com quase 3,9 milhões de pessoas sem as duas doses. Minas Gerais aparece em segundo (2,8 milhões).

O infectologista Werciley Junior explica que ter um número alto de pessoas que não completaram a imunização torna inviável fazer um controle uniforme da doença.

 

 

Uma população que não está plenamente vacinada pode ajudar ainda na circulação do vírus.
Werciley Junior, infectologista

Bebês e crianças são os menos imunizados

 

 

De acordo com o levantamento, a faixa etária que menos completou o esquema de vacinação primário foi o de bebês de 6 meses a 2 anos, com 86,5% incompletos ou sem doses, o que equivale a 5,5 milhões. A faixa seguinte, de 3 a 4 anos, é a segunda menos vacinada, com 77,4% das crianças sem o esquema primário de imunização.

Com relação ao grupo de 5 a 11 anos, 44,3% não completaram as duas doses previstas, com 8,5 milhões de crianças. As pessoas com 75 anos ou mais são as que mais completaram o esquema vacinal.

Leia também: Governo traça nova estratégia de vacinação contra Covid-19 no Brasil; veja pontos de imunização no DF

Para o infectologista Alberto Chebabo, o risco de complicações de Covid-19 em crianças não vacinadas de até 5 anos é maior por não terem sido expostas à doença e terem uma queda mais rápida nos níves de anticorpos.

O mesmo vale para pessoas acima de 60 anos e, principalmente, acima de 75 anos. "Para essa população, é importante que a vacinação ocorra dentro do calendário recomendado pelo Ministério da Saúde", reforça.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001