A azia é uma sensação de queimação que ocorre devido à
irritação do esôfago. É desencadeada principalmente por bebidas fermentadas, como
cerveja e vinho, produtos embutidos, devido à presença de conservantes, e
alimentos gordurosos, como chocolate, segundo o gastroenterologista Eduardo
Antônio André, da Federação Brasileira de GastroenterologiaEstima-se que 1 em cada 5 pessoas no mundo tenham azia uma
vez por semana, o que representa 20% da população. O abuso da ingestão de
alimentos e bebidas que desencadeiam a azia é o principal fator que leva ao problemaPopularmente conhecido como sal de fruta, esse antiácido proporciona
sensação de alívio, mas não resolve o problema, segundo o especialista. Segundo
ele, chá de boldo e outros chás não interferem na azia, podendo inclusive
piorar a sensação, pois líquidos quentes aumentam a irrigação no esôfagoRemédios para o fígado, como Epocler, não melhoram a azia,
segundo o especialistas. A azia não
está relacionada a problemas no fígado. O fígado é um órgão resistente e só se
manifesta quando há doença graveBebidas com gás também não melhorar a sensação de azia. Como
se trata de uma bebida gasosa, ela provoca a eructação, popularmente conhecida
como arroto, o que leva a uma falsa sensação de alívio. Mas, atenção: quando há
arroto, pode ocorrer o refluxo  Intolerância ao glúten ou à lactose podem causar desconforto
estomacal e diarreia. Caso a pessoa não sabia que tenha intolerância, pode
confundir com azia e até intoxicação alimentarA intoxicação alimentar é causada pela ingestão de alimentos
contaminados por toxina produzida por bactéria. Mesmo com a bactéria sendo
morta quando a comida ou cozinha ou fervida, a toxina continua no alimento que,
quando ingerido, causa náusea, vômito e diarreia. A intoxicação pode durar horas ou dias. O tratamento se dá por meio de hidratação com soro

 A azia tende a regredir sozinha. Não exagerar na ingestão de comida
e retirar da dieta alimentos ou bebidas que a desencadeiam a azia são formas de evitá-la.
Caso o desconforto seja persistente, ou seja, se prolongue por semanas, o
esôfago pode estar inflamado. Outra possibilidade é a presença de cândida, um
tipo de fungo  

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001