<img src=’https://img.r7.com/images/vacinacao-gripe-imunizacao-campanha-gripe-vacina-gripe-18032024121056559′ /><br />

Campanha será focada nos grupos prioritários

Dênio Simões/Agência Brasília – Arquivo

A campanha de vacinação contra a influenza de 2024 começa nesta segunda-feira (25) em todo o Brasil. Tradicionalmente realizada entre os meses de abril e maio, a imunização foi antecipada pelo Ministério da Saúde devido ao aumento da circulação de vírus respiratórios no país. A campanha será focada nos grupos prioritários. O Ministério da Saúde antecipou a distribuição das vacinas para as regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Em 2023, o governo federal alterou a estratégia da campanha na região Norte, realizando a imunização entre novembro e dezembro. Isso ocorreu durante o início do inverno amazônico, período com maior incidência de chuvas e maior circulação viral e de transmissão da gripe, que vai de dezembro a maio.

Veja também

Saúde
Número de casos de dengue bate recorde da série histórica e supera os últimos 20 anos

Saúde
Brasil registrou média de 19,7 mil casos de dengue por dia entre 1º de janeiro e 8 de março

Saúde
Epidemia de dengue supera a marca de 2 milhões de casos no Brasil

O objetivo do ministério é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários, que incluem crianças, gestantes, puérperas, idosos com 60 anos ou mais e povos indígenas. A estimativa é vacinar aproximadamente 75 milhões de pessoas.

De acordo com o Ministério da Saúde, o imunizante protege contra os três subtipos do vírus da influenza/gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul. O produto é composto por vírus inativos, fragmentados e purificados, e pode ser administrado junto com outras vacinas do calendário de imunização nacional.

Quem pode tomar a vacina da gripe em 2024?

A campanha oferece imunizantes para os grupos prioritários, sendo eles: 

• Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;
• Crianças indígenas de 6 meses a menores de 9 anos;
• Trabalhadores da Saúde;
• Gestantes;
• Puérperas;
• Professores dos ensinos básico e superior;
• Povos indígenas;
• Idosos com 60 anos ou mais;
• Pessoas em situação de rua;
• Profissionais das forças de segurança e de salvamento;
• Profissionais das Forças Armadas;
• Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade);
• Pessoas com deficiência permanente;
• Caminhoneiros;
• Trabalhadores do transporte rodoviário coletivo (urbano e de longo curso);
• Trabalhadores portuários;
• Funcionários do sistema de privação de liberdade;
• População privada de liberdade, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos).

A vacina está disponível na rede privada para pessoas que não estão no grupo prioritário.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001