Shakira sofre com a voz desde novembro do ano passado, quando teve uma hemorragia nas cordas vocais. Esse tipo de problema ocorre quando há ruptura de um vaso sanguíneo no interior da corda vocal, provocando a perda da voz. A recuperação é possível, mas requer repouso vocal absoluto*Estagiária do R7 sob supervisão de Deborah GianniniA voz é um dos principais métodos de comunicação do ser humano, mas, se mau usada pode acarretar em lesões e problemas nas cordas vocais. Os principais problemas são nódulos vocais (mais conhecidos como calos), cistos, lesões que apresentam líquidos em seu interior e pólipos. Esses problemas afetam a vibração das cordas vocais, interferindo na emissão da voz. Os sintomas mais comuns são voz
fraca, perda da voz, dor de garganta ao falar, alteração no tom da voz e rouquidãoOs calos nas cordas vocais ficam opostos um ao outro e
são simétricos. Eles são causados pelo mau uso
da voz e podem ser prevenidos com cuidados como evitar falar alto, em tom de voz que
não seja habitual, aumentar a ingestão de água, procurar usar postura livre de tensões enquanto estiver falando, poupar a voz após uso excessivo,
evitar gritar, pigarrear ou tossir demaisPigarros na garganta, provocados por muco, geralmente são associados a irritações, como o clima seco, poluição, fumo e refluxo gastroesofágico. O pigarro frequente pode agredir as cordas vocais devido ao
atrito que provocam. Na tentativa de proteger contra o impacto, há aumento de
muco e isso se torna um ciclo vicioso.

O pigarro constante pode provocar rouquidão, perda temporária da
voz, falta de ar ou dores na garganta ao falar, indicando problemas na saúde vocalA paralisia das cordas vocais ocorre quando há alguma agressão aos nervos que controlam o músculo da laringe, onde ficam as cordas vocais, podendo acometer uma corda vocal ou ser bilateral. Essa agressão pode
ocorrer por uma série de problemas como infecção, tumores ou por algum fator
que cause a compressão do nervoEntre os profissionais mais afetados por problemas vocais estão os que fazem maior uso da voz como professores, cantores, palestrantes, vendedores, apresentadores de TV e profissionais de telemarketing. A incidência dessas perturbações também é maior entre as mulheres, pois a anatomia da glote feminina é menor em relação à masculinaO mau uso da voz, mesmo entre os mais novos, pode acarretar problemas na saúde vocal. Crianças que têm o costume de gritar podem apresentar alterações, como calos nas cordas vocais. Ao apresentar rouquidão, dor ao falar e voz fraca, é indicado a procura por um médico para a análise do problemaEntre os hábitos que podem minimizar as complicações dos problemas vocais estão a alimentação saudável, já que alimentos gordurosos podem causar refluxo esofágico, ingestão de água, que melhora a vibração das cordas vocais (voz), prática de atividades físicas, pois reduzem o estresse que fica acumulado na região cervical e nos ombros e favorece a vibração saudável das cordas vocais, e não forçar a voz com gritos, sussurros e pigarros. A auto-medicação pode prejudicar a recuperação da voz 

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001