Monitores de UTI também entram na isenção
Marcelo Oliveira/EFE – 22.03.2021

A Camex (Câmara de Comércio Exterior), do Ministério da Economia, zerou temporariamente o imposto de importação de mais 65 produtos usados para o combate ao novo coronavírus.

A decisão contempla medicamentos para alívio de dor, sedação, intubação e respiração artificial, entre anestésicos, calmantes, analgésicos e antibióticos.

Também entram nas regras monitores para leitos clínicos e de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), equipamentos para análise de gases respiratórios e central de monitoração para UTI adulto, além de carrocerias e caminhões-tanque para transporte de cargas perigosas, como oxigênio.

Com a nova decisão, chega a 628 o número de produtos com imposto zerado em função do combate à pandemia. O governo afirma que monitora e promove ajustes na mencionada lista levando em conta a avaliação das circunstâncias epidemiológicas.

Veja também

Brasil
Na 1ª reunião, comitê debate maior participação privada na vacinação

São Paulo
Secretários de Saúde cobram de SP compra de cilindros de oxigênio

Economia
Novo auxílio emergencial começa a ser pago em 6 de abril

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001