<img src=’https://img.r7.com/images/larvas-sao-analisadas-em-laboratorio-da-vigilancia-ambiental-do-df-para-comprovacao-de-que-sao-do-mosquito-transmissor-da-dengue-27032024132118137′ /><br />

Febre tem sintomas parecidos com os da dengue

Marcelo Camargo/Agência Brasil – 29.2.2024

O número de casos de febre Oropouche no Brasil nos três primeiros meses de 2024 é quase quatro vezes maior do que o contabilizado em todo o ano passado. De acordo com o Ministério da Saúde, desde janeiro foram registrados 3.161 casos da doença, contra 832 ao longo de todo 2023.

O Amazonas concentra a maior parte dos casos (2.462), seguido por Roraima (590), pelo Acre (68), Pará (23) e por Roraima (18). As faixas etárias mais atingidas são pessoas com idade entre 30 e 39 anos, entre 20 e 29 anos e entre 40 e 49 anos.

Veja também

Brasília
Advogado de Bolsonaro quer justificar pessoalmente a Moraes hospedagem em embaixada

Brasília
PF conclui inquérito e não indicia Bolsonaro por importunação de baleia jubarte

Brasília
Presos por envolvimento na morte de Marielle, irmãos Brazão são transferidos de Brasília

A pasta investiga o que classificou como "rumor" na região Nordeste — pelo menos um caso ainda não confirmado da doença. "Estamos analisando e entrando em contato com o município", disse a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, nesta quarta-feira (27).

"Estamos atentos a mudanças que podem estar acontecendo", completou.

O que é a febre Oropouche

A febre Oropouche é transmitida por mosquitos, sobretudo pelo Culicoides paraensis e pelo Culex quinquefasciatus, conhecidos popularmente como "maruim". Os sintomas são parecidos com os da dengue, duram entre dois e sete dias e incluem febre de início súbito, dor de cabeça intensa, dor nas costas e na lombar e dor articular.

Em fevereiro, uma equipe do Ministério da Saúde foi enviada ao Acre para revisar casos contabilizados como dengue, mas que seriam de febre Oropouche. No início de janeiro, o estado chegou a declarar emergência em saúde pública em razão de uma explosão de casos de dengue.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001