Crise deixou diversos hospitais sem oxigênio para os pacientes em Manaus
Bruno Kelly/Reuters

Diversas iniciativas pessoais e empresariais têm sido realizadas para contribuir com a  mobilização solidária em apoio aos hospitais da rede pública de Manaus, que se viram sem oxigênio para dispor aos seus pacientes.

Seguindo junto nessa mobilização, a Philco do Brasil, empresa de eletrodomésticos, doou 100% de seu estoque atual de oxigênio ao governo do Amazonas. Esse oxigênio seria utilizado para a fabricação das linhas de ar-condicionado da empresa.

Ao todo, estarão disponíveis 608 mil litros de oxigênio para que a Secretária de Saúde do estado consiga reabastecer os cilindros de suas unidades de atendimento, onde as pessoas em tratamento contra a covid-19 estão internadas. 

Veja também

Cidades
Ministério obtém cilindros para bebês do AM na UTI por mais 48h

 

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001