O período das férias de verão e inverno tem sido um pouco diferente devido à pandemia de covid-19. Pelo receio de uma possível contaminação, viajar ou não viajar é um dilema muito frequente nos tempos atuais“Recomenda-se iniciar a viagem depois de decorridos pelo menos 15 dias desde a aplicação da segunda dose da vacina”, afirma Guillermo Mena, coordenador da Unidade de Medicina de Viagem e Vacinação Internacional do Centro Médico HLA de Barcelona, na Espanha“É aconselhável reservar hospedagem em quartos onde fiquem apenas pessoas da ‘bolha’, sem compartilhar com outras pessoas”, completa o especialistaAntes de embarcar na viagem, além de se certificar de levar álcool em gel e máscaras, é necessário preparar um kit de primeiros socorros com os remédios e utensílios básicos para poder lidar com pequenos distúrbios ou acidentes, recomenda o médicoEm relação ao destino, o Dr. Mena recomenda escolher uma região ou um país onde a incidência de casos não seja muito alta, ressaltando que viagens com atividades ao ar livre geralmente apresentam menos riscos”Na hora de coletar informações sobre a situação de saúde do lugar para o qual vamos viajar, é importante que ela seja confiável, portanto, uma boa opção é usar os sites dos órgãos oficiais”, acrescenta o profissional da saúdeDr. Mena ressalta que o ideal é planejar a viagem com antecedência e acompanhar até o último momento possíveis alterações nas restrições no destino. “Isso nos permite ter mais chances de encontrar acomodação com boas medidas contra covid-19, bem como uma lacuna em atividades que apresentam baixo risco”Uma vez no destino, é importante não descuidar das medidas de prevenção contra a covid-19, como usar máscara, manter distância social e lavar as mãos com frequência

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001