O médico Wesley Murakami teve o registro interditado pelo Conselho de Medicina
Facebook do Wesley Murakami

O médico Wesley Murakami está proibido de exercer a profissão em todo o país. Ele foi interditado cautelarmente pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) por ‘fatos apurados no processo ético”. Ele é acusado de deformar o rosto de pacientes após aplicação de PMMA.

Em Goiás, 14 pessoas fizeram queixa no 4º Distrito Policial de Goiânia. Elas afirmam que tiveram o rosto completamente deformado após realizar preenchimento com a substância.

Leia também: Saiba mais sobre material usado por Dr. Bumbum em mulher que morreu

O polimetilmetacrilato (PMMA), conhecido como metacril, é um plástico composto por microcápsulas que o organismo não consegue absorver.

O cirurgião plástico Wendell Uguetto, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), diz que a instituição sugere que não se faça uso desse material. “É uma substância que as células de defesa não conseguem sugar. Então, se tiver infecção será crônica, não sara sozinha”, explica.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) libera o uso do PMMA para pacientes com HIV e têm atrofia de gordura no rosto, chamada de lipodistrofia facial.

Além de ter sido intertidado pelo CRM-DF, o médico possui uma sindicância instaurada que corre em sigilo processual. Quando um médico é processado eticamente no CRM, passa por julgamento ético-profissional e, caso seja condenado, poderá sofrer as penas previstas na lei, que vão desde advertência confidencial até a cassação definitiva do registro profissional.

O Conselho apura infrações apenas no âmbito ético. Para responder judicialmente, o médico deverá ser denunciado na Justiça. As instâncias civis e criminais são independentes, podendo ter desfechos diferentes.

Saiba mais: Quem é o ‘Doutor Bumbum’, médico celebridade das redes sociais que está foragido após morte de paciente

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) sugere que não se faça uso do PMMA e a Anvisa libera a substãncia para uso apenas em pequenas quantidades.

O cirurgião plástico afirma que a substância é inabsorvível, permanecendo no organismo pelo resto da vida. Ela pode deformar estruturas, necrosar a pele e migrar para outras regiões do corpo. Por exemplo, com o processo de envelhecimento, todo o rosto cede e o PMMA também. 

A Anvisa libera o uso de PMMA em pessoas com HIV e que têm atrofia de gordura no rosto. Porém, mesmo nessas circustâncias, o cirurgião plástico faz ressalvas. “Eu não aconselho o uso dessa substância em nenhuma hipótese”, afirma.

O advogado de defesa do médico Wesley Murakami afirmou que entrará com recurso junto aos conselhos de medicina do DF e de Goiás, a fim de reestabelecer sua atividade médica.

Segundo o advogado, Murakami está “recluso em casa sob cuidados especiais” e sofre de depressão. “O profissional, que está suspenso da atividade da medicina em todo o território nacional, está em estado de grave depressão, tomando medicamentos e sendo acompanhando por um psiquiatra”, afirmou.

O que você precisa saber para não se arrepender ao fazer plástica no nariz:

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001