Mais de 600 mil doses de vacina chegaram a Goiás para a campanha
Divulgação/Secretaria Estadual da Saúde de Goiás

A campanha de vacinação contra a gripe, prevista para ter início na segunda quinzena de abril em todo o território nacional, foi antecipada em Goiás para esta sexta-feira (13).

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde de Goiás, o governo do Estado solicitou essa antecipação ao Ministério da Saúde devido a um surto do vírus influenza H1N1 no mês de março no centro de reabilitação Vila São Cottolengo, na cidade de Trindade, região metropolitana de Goiânia.

Por essa razão, ainda de acordo com a secretaria, a abertura da campanha será realizada em Trindade, na UBS Santuário Novo.

Lá, as Unidades Básicas de Saúde trabalharão com senhas. “Agimos rápido e sensibilizamos o Ministério da Saúde para que antecipasse o envio das doses para Goiás. Dessa forma, as vacinas já estão acessíveis a todos os municípios”, afirmou o governador, José Eliton, por meio de nota.

O Ministério da Saúde informa que não se trata de uma antecipação da campanha de vacinação da gripe, mas sim que os Estados, tendo já recebido as doses de vacina, têm autonomia para distribui-las para seus municípios. No caso de Goiás, como os casos são considerados expressivos, o governador determinou o início imediato da campanha.

Leia também: Saiba o que é possível fazer para se prevenir contra a gripe

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, Goiás dispõe de 648 mil doses e deve receber ainda 300 mil até a próxima terça-feira (17). A meta é vacinar 1,5 milhões de pessoas.

“Essas doses são suficientes para vacinarmos os grupos prioritários definidos para a imunização do dia 13 de abril até o dia 20 de maio, que são os trabalhadores da saúde, os idosos e pacientes com doenças crônicas. Depois será a vez de crianças, gestantes, mães de resguardo, professores, e população privada de liberdade, além dos indígenas, conforme as datas estabelecidas. São esses que serão atendidos nos postos de saúde definidos por cada um dos municípios”, afirmou o Secretário Estadual da Saúde, Leonardo Vilela, por meio de nota.

Veja também

Aumento de gripe em SP pode ser prenúncio de supervírus
dos EUA
Oito pessoas morrem após surto de H1N1 em instituição de Goiás
Aumento de gripe em SP pode ser prenúncio de supervírus
dos EUA
Oito pessoas morrem após surto de H1N1 em instituição de Goiás

A Secretaria Estadual da Saúde ressalta que Goiás vive um surto de H1N1 com alerta de epidemia (surtos que ocorrem em mais de um lugar). Neste ano, já foram registrados 63 casos e oito mortes.

Segundo a secretaria, mais de 90% das pessoas que contraíram o H1N1 se recuperaram. Os casos que resultaram em morte foram de indivíduos do grupo de risco: idosos, pacientes crônicos e profissionais de saúde.

A Secretaria Estadual da Saúde de Goiás divulgou o calendário de datas e grupos de vacinação:
– 13/04 a 20/5 – Idosos, trabalhadores da saúde e portadores de doenças crônicas
– 23/04 a 27/04 – Gestantes, mães em resguardo do pós-parto e crianças de 6 meses a 5 anos
– 30/04 a 11/05 – Professores
– 12/05 – Todos os grupos prioritários
– 14/05 a 01/06 – Todos os grupos prioritários
– 13/04 a 01/06 – Indígenas

– População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional: agendamento feito pelo municípiodamento feito pelo município

Maior pandemia da história, gripe espanhola completa 100 anos:

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001