Radiografia mostra termômetro alojado na bexiga do paciente
Reprodução/Urology Case Reports

Após 11 dias com um termômetro dentro do corpo, um homem de 25 anos resolveu procurar um pronto-socorro de Xangai, na China. Ele relatou aos médicos ter inserido o objeto na uretra e esperava que fosse sair espontaneamente, o que não ocorreu.

Quando decidiu ir ao hospital, o homem já apresentava hematúria, que é a presença de sangue na urina. Além disso, ele também se queixava dor na parte inferior do abdome quando pressionado.

O caso foi relatado no periódico científico Urology Case Reports, recentemente.

Objeto foi removido em 15 minutos
Reprodução/Urology Case Reports

“Havia um termômetro na bexiga. A extremidade do vidro estava localizada na parede posterior da bexiga e a extremidade do bulbo estava localizada na parte inferior da bexiga”, registraram os médicos.

A equipe utilizou um procedimento chamado cistoscopia transuretral (endoscópico) para localizar o termômetro. Também foi necessário um extrator de cálculos para remover o objeto.

A retirada do termômetro levou apenas 15 minutos. O paciente se recuperou bem, após ficar com um cateter por três dias.

Leia também: Médicos descobrem homem com pênis ossificado nos EUA

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001