Maioria não tem preferência por imóvel novo ou usado
Pixabay/Reprodução

A intenção de compra da casa própria bateu novo recorde no terceiro trimestre de 2020, passando de 43% para 48%, segundo dados da pesquisa Raio-X FipeZAP, divulgada nesta quinta-feira (19).

Os entrevistados responderam sobre a intenção de compra nos próximos três meses. De acordo com o levantamento, 50% dos entrevistados que pretendem realizar uma compra afirmam ser indiferente a compra de um imóvel novo ou usado, 41% preferem usados e apenas 9% gostariam mais de um local novo. 

A grande parte dos entrevistados (86%) afirma ter a intenção de comprar para morar, enquanto 14% pretendem realizar a compra como um investimento, sendo que a maioria deles (77%) quer focar em alugar o imóvel comprado. 

Preços dos imóveis

A percepção dos entrevistados sobre os preços dos imóveis manteve-se relativamente estável no terceiro trimestre de 2020.

O grupo que considerava os preços atuais como “altos ou muito altos” registrou uma pequena queda, passando de 61% para 59%, movimento similar ao da parcela de respondentes que consideram os preços como “baixos ou muito baixos” (de 9% para 6%).

Em contrapartida, o percentual que considera que os preços estavam em um nível razoável apresentou ligeira alta, passando de 27% para 29% da amostra. 

Metodologia da pesquisa

A pesquisa entrevistou 1.246 pessoas, sendo 56% do sexo masculino e 44% feminino. 

A idade média dos respondentes ficou em 48 anos. Do total, 29% têm renda familiar entre R$5.001 e R$10.000, 25% acima de R4 15.000, 20% entre R$2.500 e R$5.000, 16% entre R$10.001 e R$15.000 e 10% até R$2.500. 

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001