A música promove a sensação de conforto e fornece abstração para a mente
Reprodução/Pexels

Os profissionais que atuam na linha de frente contra a covid-19 se encontram esgotados devido ao ritmo árduo de trabalho imposto pela pandemia, que perdura há mais de um ano. Em meio a esse cenário desafiador, cresce a busca por alternativas que possam ajudar a lidar com o estresse. E, em São Paulo, a médica anestesista Rosa Avilla encontrou na música seu conforto.

Após contrair covid-19 e ter de lidar com sequelas causadas pela doença, a médica compôs uma canção para a Sociedade Brasileira de Anestesiologia, como um alento aos médicos que, como ela, estão lutando diariamente para cuidar das pessoas e de si mesmos.

O vídeo da canção será lançado na próxima semana. Junto com ele, para realizar um sonho antigo, a anestesista também lançou Te Seguirò – Rosa Avilla canta David Pasqua, um disco de estreia autoral que já está nas plataformas digitais. As músicas de Rosa podem ser acessadas neste link.

Rosa estudou canto erudito, mas abandonou a carreira musical quando ingressou na Escola Paulista de Medicina. Para ela, “a medicina e a música são artes que curam: a primeira, dos males do corpo, a segunda, da alma”.

“Parece clichê, mas temos estudos científicos mostrando benefícios específicos da música em determinadas áreas da medicina. Nesse momento, as pessoas precisam ser acalentadas, e a música pode ser um instrumento de abstração para aliviar a dor”, acredita.

Veja também

Virtz
Jornalista com doença rara fala sobre superação na profissão

Virtz
Pandemia motiva jovens a buscar carreiras na área da saúde

Virtz
Conheça sites e apps para fazer doações sem precisar sair de casa

 

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001