Operação que trouxe brasileiros da China é uma das despesas
Yuan Zheng / EFE-EPA – 4.2.2020

O governo federal publicou a Medida Provisória 921/2020, que abre crédito extraordinário de R$ 11,287 milhões em favor do Ministério da Defesa para aplicação nas ações de “enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus”. O texto está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (10). A edição da medida foi antecipada pelo Broadcast, com fontes.

Veja também

Número de mortes pelo novo coronavírus ultrapassa 900
Resgatados da China passam por exames e seguem sem sintomas
Coronavírus na China faz despencar cotações de commodities brasileiras

O crédito extraordinário serve para abrir caminho para cobrir despesas imprevistas. Esse tipo de crédito fica fora da limitação do teto de gastos. O dinheiro será usado pelo Ministério da Defesa, uma das pastas que coordenam a Operação Regresso, que resgatou brasileiros em Wuhan, cidade que é o polo central do contágio da doença. Duas aeronaves da frota presidencial da Força Aérea Brasileira foram usadas na operação. As pessoas resgatadas e a equipe da operação chegaram ontem a Anápolis (GO), onde vão ficar em quarentena.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001