A Prefeitura de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, anunciou nesta quinta-feira (10) um acordo para o recebimento de 1,1 milhão de doses da vacina Coronavac a partir de janeiro de 2021.

Prefeito de Niterói assinou acordo com o Instituto Butantan
Divulgação

O documento foi asssinado pelo prefeito Rodrigo Neves no Instituto Butantan, em São Paulo, que participou da produção do imunizante. 

A prefeitura confirmou ter investido R$ 57 milhões no projeto de vacinação contra o coronavírus para atender a toda população da cidade de mais de 500 mil habitantes.

Cronograma

Segundo o cronograma proposto ao Butantan e assinado pelo diretor institucional do Instituto, Raul Machado, 300 mil doses estariam disponíveis no fim de janeiro para profissionais de saúde e idosos, e outras 300 mil doses para o fim de fevereiro, distribuídas aos cidadãos com comorbidades e profissionais de educação.

Até maio, o município receberia mais 500 mil para o restante da população.

Veja também

Covid-19: RJ prevê início de campanha de vacinação em março 
Diretoria da Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid
Pfizer inicia processo para pedir registro de vacina no Brasil

Testes

A Prefeitura de Niterói destacou ter sido a única cidade do Estado do Rio, entre as 12 do país, a testar a fase 3 da vacina Coronavac, em parceria com o Instituto Butantan e a Fiocruz.

Em nota, o município informou ainda que investiu recursos próprios para a aquisição da vacina, com o custo de 10 dólares por dose.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001