Na imagem, doses da CoronaVac
Amanda Perobelli/Reuters

O deputado estadual Emidio de Souza (PT-SP) enviou, nesta terça-feira (9), ofício ao governador João Doria em que solicita a inclusão de professores, das redes pública e privada, como prioridade no plano de vacinação contra a covid-19.

“Apesar dessa situação foi determinado o retorno às aulas presenciais e, mesmo com o tão esperado início da imunização da população, a categoria dos professores não foi incluída no plano de vacinação, apesar de estarem sendo obrigados a se expor aos riscos iminentes do trabalho presencial com contato direito com os alunos, colocando em risco suas vidas e de seus familiares”, afirmou Emidio no documento.

Leia também

Projeto proíbe empregador de exigir vacinação contra covid-19

Anvisa dispensa vacinas do Covax Facility de autorização

Pais podem decidir sobre aulas presenciais em SP até quarta (10)

O ofício com a solicitação ocorre após visita do deputado a escolas estaduais. As aulas presenciais na rede estadual começaram na última segunda-feira (8), em sistema de rodízio. Cada unidade poderá definir como vai realizar o rodízio e a presença dos estudantes será opcional.

A decisão de volta às aulas, contudo, não agradou o sindicato dos professores, que aprovou uma greve contra o retorno. Segundo a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), a decisão teve apoio de 81,8% dos professores.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001