Pais com o pequeno Rodrigo, nascido em 7 de outubro
Reprodução/Correio da Manhã

Prestes a completar um mês de vida, o bebê que nasceu em Portugal sem os olhos, nariz e parte do crânio já consegue respirar e mamar sozinho.

O jornal Correio da Manhã reproduziu fotos feitas pelos pais do bebê, Rodrigo, nascido em um hospital na cidade de Setúbal.

Os pais já consideram o bebê um vitorioso, porque inicialmente os médicos acreditavam que ele viveria poucas horas.

Bebê continua internado em hospital desde o nascimento
Reprodução/Correio da Manhã

Leia também: Malformação como a do bebê sem rosto pode ser causada por remédio

Ecografia 5D chegou a mostrar malformações do bebê
Reprodução/Correio da Manhã

A evolução da criança, diz o jornal, é feita diariamente, já que não se sabe exatamente qual parte do cérebro pode ter sido afetada pela malformação.

“A última ressonância revelou que ele tem o céu da boca deformado e é surdo. Respira só pela boca, mas já se alimenta através de um biberão [mamadeira]”, disse uma fonte próxima à família disse ao site de notícias Impala.

O caso virou um escândalo em Portugal e o médico obstetra que acompanhou a mãe durante o pré-natal, Artur Carvalho, foi suspenso da profissão.

Ele é investigado por outras queixas de negligência semelhantes.

Médicos dizem que é possível detectar malformações graves, como as de Rodrigo, ainda no primeiro trimestre de gestação.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001