Uma das cozinhas do projeto, no Rio de Janeiro
Divulgação

O projeto Cozinha Solidária, uma ação da ONG Gastromotiva juntamente com o Instituto Coca-Cola, está levando 180 mil refeições para pessoas de baixa renda de comunidades em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR). A ação contou com auxílio de R$ 1 milhão fornecido pelo Instituto ligado à multinacional e surgiu como uma forma de manter a atuação da ONG no atendimento a essas comunidades carentes durante a pandemia do novo coronavírus.

“Sempre estivemos junto das pessoas e comunidades e neste momento não poderia ser diferente. Desde o início da pandemia, nos unimos a parceiros para ouvir o que as comunidades mais precisam e, assim, colaborar com suas necessidades a cada etapa dessa crise”, afirma Daniela Redondo, diretora do Instituto Coca-Cola Brasil.

O valor investido serviu para que o projeto atingisse a meta de instalar 50 cozinhas dentro de comunidades. O investimento permitiu a contratação de nutricionista,  compra de materiais de proteção para os cozinheiros, coordenação e acompanhamento técnico-social dos cozinheiros pela equipe do projeto,  realização da logística dos insumos, utilização de embalagens sustentáveis, ajuda de custo para os cozinheiros e suporte de um salário mínimo.

“Com esse apoio estamos alcançando 50 cozinhas solidárias em operação e mais de 120.000 refeições distribuídas em quatro meses. Cooperação, confiança e inovação, fazem essa parceria transformar a vida de milhares de pessoas”, conta David Hertz, co-fundador da Gastromotiva.

As iniciativas sociais do ICCB distribuiram cerca de R$ 45 milhões a diversas frentes e prevê a entrega de ao menos mais 90 mil refeições, que contribuirão para 42 comunidades no Rio de Janeiro.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030