Mais de 5 milhões ainda precisam se vacinar no Estado de São Paulo
Paulo Whitaker/Reuters

Quando a campanha estadual de vacinação fracionada contra a febre amarela começou, no dia 25 de janeiro, a meta era imunizar 9,2 milhões de paulistas em 54 cidades, até o dia 17 de fevereiro.

A campanha teve seu “Dia D” no último sábado (17) e chegou ao fim sem sequer alcançar metade da meta. Até o momento, foram vacinadas 3.423.748 pessoas.

A baixa procura pela vacina chamou a atenção do Ministério da Saúde, que sugeriu a ampliação da campanha.

Nesta segunda-feira (19), a Secretaria Estadual da Saúde divulgou que vai ampliar o prazo para a vacinação até o dia 2 de março. Para que a meta de 9,2 milhões de pessoas imunizadas seja cumprida, o Estado ainda precisa vacinar 5,8 milhões de paulistas.

Saiba quem não pode se vacinar contra a febre amarela

Saiba o que fazer em caso de reação à vacina

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, a Baixada Santista foi a região que vacinou o menor número de pessoas, 23,1%. Nas regiões do Vale do Paraíba e do Litoral a cobertura vacinal é de 33,1%. O Grande ABC tem 36% e a capital chegou a cumprir 46,2% da meta – vacinou 1,5 milhões de pessoas das 3,3 milhões que estavam previstas.

Para as próximas duas semanas, o governo estadual vai enviar mais 6,9 milhões de doses da vacina fracionada contra a febre amarela para os 54 municípios que fazem parte da campanha. De acordo com o Ministério da Saúde, a dose fracionada protege contra a doença por, pelo menos, 8 anos.

Também vão ser enviadas 2,3 milhões de doses padrão, que devem ser usadas em crianças entre 9 meses e dois anos incompletos, pessoas que vão viajar para países que exigem a vacina e grávidas residentes em áreas de risco, com indicação médica de vacinação.

Os municípios que fazem parte da campanha foram definidos por conta das possibilidades de movimentação do vírus, depois de estudos técnicos e de campo desenvolvidos pelo Centro de Vigilância Epidemiológica e a Superintendência de Controle de Endemias.

Desde o início de 2017, o Estado de São Paulo teve 202 casos confirmados de febre amarela, 76 pessoas morreram por causa da doença. As cidades com maior número de vítimas são Mairiporã e Atibaia que, juntas, respondem por dois terços dos casos.

Veja quais são os municípios que fazem parte da campanha de vacinação fracionada contra a febre amarela:

 

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001