O mosquito Aedes aegypti é o transmissor da dengue, zika e chikungunya
Pixabay

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo realiza neste sábado (24) o “Dia D” de combate às chamadas arboviroses, que inclue dengue, zika, chikungunya e febre amarela. No domingo (25), o Ministério da Saúde dá início à campanha nacional contra o o Aedes aegypti.

O mosquito é o transmissor da dengue, zika e chikungunya, doenças urbanas. Já a febre amarela, uma doença silvestre, é transmitida apenas pelos mosquitos Sabethes e Haemagogus até o momento.

Leia também: Aplicativo já identificou mais de 8 mil focos do Aedes desde 2017

A ação na capital paulista consiste na orientação sobre como combater o mosquito Aedes aegypti, eliminação de seus criadouros e vacinação contra a febre amarela.

Segundo a secretaria, mais de 24 mil profissionais de saúde estarão distribuídos nas ruas, unidades de saúde e postos volantes. Entre eles, haverá Agentes Comunitários de Saúde (ACSs), Agentes de Proteção Ambiental (APAs), Agentes de Controles de Endemias (ACEs), enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e médicos.

Saiba mais: Prefeitura de SP usará drone contra risco de surto de dengue e zika

A pasta ainda afirma que haverá “busca ativa casa a casa”, para localizar focos do mosquito Aedes aegypti.

Além disso, todas as unidades básicas de saúde estarão abertas para vacinação contra a febre amarela entre 8h e 17h.

Entenda as diferenças de sintomas entre dengue, gripe, zika, chikungunya e febre amarela: 

 

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001