Vacina previne contra o sarampo
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Mais de 5 mil pessoas morreram de uma epidemia de sarampo neste ano na República Democrática do Congo, a maioria delas crianças menores de cinco anos, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira.

“Até 17 de novembro de 2019, 250.270 casos suspeitos com 5.110 mortes associadas foram registrados na República Democrática do Congo, um aumento de mais de 8 mil casos em comparação com a semana anterior”, informou a OMS em comunicado.

Segundo a organização, todas as 26 províncias, incluindo Kinshasa, estão afetadas. Está em curso, por fases, uma campanha nacional de vacinação de resposta a surtos, que deverá ser concluída até ao final do ano.

Entre os mortos estão cerca de 4,5 mil crianças menores de cinco anos, disse o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em outro comunicado.

Este surto ultrapassa largamente a mortalidade do ebola no nordeste do país desde que foi declarado, em 1º de agosto de 2018, e que causou 2.199 mortes – 2.081 confirmadas em testes laboratoriais, de acordo com os últimos dados oficiais, em vigor até a última segunda-feira.

“Embora o surto de ebola, que já causou mais de 2 mil mortes no leste da RDC, tenha atraído a atenção internacional, o sarampo, que já causou mais do dobro das mortes, continua sem ser notificado”, lamentou o Unicef.

De acordo com o organismo, a violência e a insegurança, a falta de acesso a cuidados de saúde e a escassez de vacinas e de kits de saúde nas áreas mais afetadas significaram que milhares de crianças não foram vacinadas, com consequências potencialmente mortais

Além disso, as crenças culturais e as práticas tradicionais de cuidados de saúde também dificultam frequentemente a vacinação das crianças e o tratamento das que apresentam sintomas, explicou o representante do Unicef na RDC, Edouard Beigbede.

“É necessário um investimento significativo no reforço do programa nacional de vacinação da RDC para assegurar a saúde e o bem-estar das crianças do país”, declarou Beigbede.

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, até o último dia 6 foram registrados 10.429 casos de sarampo confirmados, com 14 mortes. Além disso, até essa data, havia 19.537 casos em análises.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001