Maior parte das mortes foi registrada na província de Hubei
Athit Perawongmetha/Reuters – 27.1.2020

O número de mortes por coronavírus na China subiu para 106, confirmou nesta terça-feira (28) a Comissão Nacional de Saúde do país. Ao todo, foram registrados 4.535 casos da doença na China e 45 no exterior. Existem ainda quase 7 mil casos suspeitos em todo o país.

O vírus se espalha rapidamente com casos confirmados na Tailândia (8), Austrália (5), Estados Unidos (5), Cingapura (5), Malásia (4), Japão (4), Coreia do Sul (4), França (3), Canadá (2) e Vietnã (2). Nepal, Sri Lanka e Camboja têm um paciente infectado cada.

Leia também: Pequim registra primeira morte provocada pelo coronavírus

A Alemanha também confirmou nesta segunda-feira o primeiro caso de coronavírus em seu território. 

Na China, a província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan – epicentro do vírus-, registrou 100 mortes. Também foram confirmados óbitos nas províncias de Hebei, Henan, Heilongjiang, Pequim e Shangai.

Com o objetivo de ganhar tempo para conter a propagação do coronavírus, o governo da China adiou o fim do feriado do Ano-Novo no país, que terminaria nesta quinta-feira, para o próximo dia 3.

Órgãos como universidades, escolas, creches e outras instituições de ensino adiaram indeterminadamente a abertura do semestre.

OMS

Nesta segunda-feira, a OMS (Organização Mundial de Saúde) corrigiu sua avaliação do risco sobre o vírus, considerando elevado para o nível internacional, depois de tê-lo descrito como moderado por “erro de formulação”.

O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Antonio Guterres, disse na segunda-feira que a organização apoiará firmemente a China na prevenção e controle do novo surto de coronavírus.

Brasil

No Brasil, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais confirmou um caso de suspeita de coronavírus em Belo Horizonte. A paciente é uma mulher que esteve em viagem recente para a China e apresentou sintomas respiratórios e febre baixa.

A paciente, de 22 anos, deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Centro-Sul na última sexta-feira (24) e será transferida para um hospital de referência para ser acompanhada.

Segundo a Secretaria de Saúde, a paciente passa bem, já recebeu atendimento e todas as providências necessárias foram tomadas. “O caso será discutido com o Ministério da Saúde”, diz o texto.

Na semana passada, o governo de Minas confirmou que estava investigando um caso suspeito de coronavírus de uma paciente que esteve em Xangai, na China. Mas exames feitos na Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) mostraram que ela estava um tipo de rinovírus, ou seja, um resfriado comum.

CategorySaúde

Copyright © 2016 - Plena Jataí. Todos os direitos reservados.

Clínica/Laboratório: (64) 3631-5080 | (64) 3631-5090
Farmácia: (64) 3631-8020 | (64) 3631-8030
Imagem: (64) 3631-6001